Acompanhar este blog

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Papaia, Papaia, Papaia...


Creme de Papaia

Ingredientes:
1 Mamão Papaia descascado e sem as sementes (é òbvio);
5 bolas de sorvete (creme ou baunilha combinam melhor);
Licor de cassis (se quiser pode ser de cacau)

Bater no liquidificador, o mamão com o sorvete até misturar bem.
Ponha em taças lindíssimas, adicione o licor, misture gentilmente e saboreie.
Use colheres igualmente lindas.

Obs.
O creme deve ser preparado no momento exato de ser consumido.

SIMPLES ASSIM!

................................................................................

7 comentários:

  1. Deve ser uma delícia...

    Beijo.

    Jacque

    ResponderExcluir
  2. Vou provar desta receita(eu nunca provei!)me parece bem gostoso...

    P.S.Estou no jardim...Venha tomar um chá comigo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ai que delícia!!!!!!

    Mas fala sério. Achaste realmente que teu poema seria excluido da nossa terapia???? Hahaha, de jeito nehum. Já está lá, postadinho.Aliás, como imaginei, está ficando um belo trabalho!!!! Obrigadaaaaaaa por fazer parte dessa terapia literária coletiva.
    Bjinhossssssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Para mim, dói ler estes posts maravilhosos. Estela, não sei se vc recebeu o meu e-mail. Reabri o TRISTÃO E ISOLDA, mas será de todo diferente. Gostaria que vc fosse aao meu canto hj, ninguém mais vai, querida. Não me abandone.
    Um beijo,
    Renata

    ResponderExcluir
  5. HUMMM! Delícia ..

    Estela, passando pra te desejar um lindo final de semana.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Amiga Estela é sempre com grande alegria que sito este importante espaço. Honrado e feliz. Quero agradecer sua amizade, atenção e gentileza. Muito obrigado! Parabenizo você pela harmonia e qualidade deste trabalho. Grande tema, ótima escolha, excelente receita, fruta deliciosa, uma preciosidade, gostei. Valeu ter passado aqui. “Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Aguardo sua visita, passa lá! E volte sempre! Tenha um agradável e feliz fim de semana. Muita paz, brilho, proteção e sucesso. Tudo de bom, prosperidade... Fique com Deus. Forte e caloroso abraço.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir