Acompanhar este blog

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Um gostoso mergulho na história



ENTRE CERES E MARIA
A imagem da deusa dos cereais transforma-se na mãe de Jesus



Mó manual na Escócia. Hoje como há 4000 anos.


 O conto do padeiro e do diabo.

 
Casa do forno numa padaria parisiense - 1763
 

***

sábado, 6 de setembro de 2014

Aromatizante Natural de Ambiente








Você já reparou que quando a gente descasca uma tangerina, a nossa mão fica toda salpicada de gotinhas que saem da casca. Essas gotinhas perfumadas nada mais são do que o óleo essencial da fruta, a substância responsável pelo seu aroma.
Os cheiros, ao penetrarem no nosso nariz, logo chegam à região do nosso cérebro onde habitam as emoções. O cheiro da tangerina tem por característica nos proporcionar uma agradável sensação de alegria e bem estar, ajudando a dissolver mágoas que tanto nos afligem.
 Já viu alguém ficar de cara feia quando saboreia uma dessas frutas? Só de olhar pra elas a gente já fica alegre. A tangerina é uma fruta alegre e ninguém passa despercebido se descascar uma em público, pois o cheiro se espalha e logo chama a atenção.

Vamos então aproveitar esse presente da Natureza para fazer um perfume e espalhar na nossa casa.  Deixar tudo com um cheirinho agradável de limpeza, que além de perfumar, também ajuda a neutralizar os maus odores e vai deixar todo mundo de bom humor.

Ao comer tangerinas, não jogue as cascas fora. Junte-as, guarde-as em saco fechado, na geladeira, para fazer seu perfume de ambiente. São necessárias as cascas de, no mínimo, seis tangerinas.

Esta receita foi desenvolvida, testada e aprovada pelo farmacêutico, ex-gerente de controle de qualidade, desenvolvimento e pesquisa da antiga fábrica Coty Brasil, Nilton Maia.

Vamos precisar de:
-Cascas de tangerinas (no mínimo de seis tangerinas) 
-Álcool próprio para perfumes (o álcool próprio para perfumes é uma mistura de álcool, água e fixador, e pode ser encontrado nas lojas que vendem essências. Utilize-o diretamente)
-Frasco de vidro ou plástico de boca larga (tipo caneca)
-Funil
-Algodão ou filtro de café
-Frascos para perfume com tampas spray

 1- Pique as cascas em pedaços pequenos;


2- Coloque num frasco de boca larga ou numa caneca de plástico;


3- Cubra totalmente as cascas com o álcool;


4- Tampe bem o frasco (no caso de usar uma caneca, sem tampa, passe filme plástico em várias camadas);


5- Prenda com fita adesiva para que fique bem vedado e deixe por uma semana em lugar escuro;


6- Após esse tempo, filtre a mistura, passando por um funil com algodão ou papel de filtro;



7- Coloque em frascos com tampas para spray e já está pronto para usar.



 O aroma da tangerina desperta a criança interior naqueles que o sentem. 
Em Aromaterapia, é considerado “o óleo da alegria”.

***

sábado, 2 de agosto de 2014

Aroma




“(... ) e o que pode despertar mais a nossa memória do que um cheiro que entra de repente no nosso dia e nos leva de volta à infância? O bolo saindo do forno, o cheiro do café quente se espalhando pela casa, o perfume da roupa limpinha dentro do armário... tantas lembranças boas! É da casa que nos vem todas essas recordações, o cheiro faz parte dela.
Tenha sempre um buquê de cheiro em casa;
Use lavanda na hora de passar a roupa;
Utilize sachês suaves, como o sândalo natural, para perfumar os armários
e desodorantes discretos nos banheiros que devem ser impecavelmente limpos, assim como a cozinha. Abra bem as janelas, ventile todos os cômodos, não deixe que cheiros ruins impregnem sua casa. Acenda velas perfumadas e deixe que a luz e o perfume limpem o ambiente. (...)”

Sig Bergamin em seu livro “Adoro!”

***

domingo, 27 de julho de 2014

O que fica no coração...





O dia estava nublado e papai saíra com a promessa de trazer um presente pra mim.
Eu fiquei esperando por ele na varanda, quando de repente cai uma chuva grossa e pesada, parecia que o mundo estava desabando. Era uma chuva de verão em pleno inverno!
Acho que choveu uma eternidade.
Naquela época morávamos numa casa sem muros, apenas uma cerca baixa separava a casa da rua, ainda sem calçamento. A poucos metros passava a estrada de ferro, caminho do trem que fazia a linha Central - Paracambi. Era preciso atravessá-la para ir ao centro da cidade.
Papai já estava bem próximo de casa, mas teve que esperar que a chuva passasse, debaixo de uma marquise, do outro lado da linha do trem.

Quando a chuva diminui um pouco ele aproveitou pra tomar o rumo de casa.
Meu coraçãozinho pulou de alegria quando o avistei atravessando a linha do trem.
Ele chegou com os sapatos sujos de lama, trazendo um pequeno embrulho dentro da camisa pra proteger da chuva, já mais amena. Naquela época, não era comum, ou ainda não havia sacolas plásticas, era tudo de papel, então era preciso proteger bem da chuva.

Ele me entregou o embrulho e eu o abri avidamente. Era um livrinho com duas histórias, da Edições Melhoramentos, uma era a história “O Coração que vê tudo” e a outra era “Cada macaco no seu galho”  Não sei quantas vezes eu li aquele livro. Pois eu nunca me esqueci dele.
Era o ano de 1956 e eu estava completando 7 anos. Era o meu primeiro aniversário na cidade do Rio de Janeiro.
Acho que vem daí esse meu gosto por historinhas!

Esta internet tem de tudo!
Achei o livro pelo Google e o encomendei... e ele me chegou à tardinha, como um presente de aniversário!



terça-feira, 8 de julho de 2014

Árvores bem vestidas...








Trabalho em crochê em fios de lã multicoloridos, 
feito pela artista gaúcha Letícia Matos, em parceria com a construtora Mozak.
O objetivo é alertar a população sobre a importância da preservação ambiental.

Árvores da Praia de Botafogo no Rio de Janeiro.

***

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Aramados...




Flor do algodoeiro da praia...

***

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Redes para se balançar...




Barracas da Feirinha da Praça XV no Rio de Janeiro

***

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Organize seu tempo



1- Dedique tempo para trabalhar: é o preço do tempo.

2- Dedique tempo para pensar: é a fonte do poder.

3- Dedique tempo para recrear: é o segredo da juventude.

4- Dedique tempo para ler: é a base do conhecimento.

5- Dedique tempo para adorar: é o caminho para a  reverência.

6- Dedique tempo para os amigos: é o caminho da felicidade.

7- Dedique tempo para amar: é a fonte do bem estar e da alegria.

8- Dedique tempo para sonhar: é o caminho para as estrelas.


P.S. Não sei a autoria, achei num caderno antigo, de apontamentos.

domingo, 11 de maio de 2014

Mãe




Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

(Carlos Drummond de Andrade)


***

Feliz Dia para todas as Mamães...

***

sábado, 3 de maio de 2014

Estátuas

FLORA

VESTAL

Praia Vermelha - Urca - Rio de Janeiro

***